GUIA DE IMPRESSÃO

DPI E RESOLUÇÃO

DPI

É usada como medida na impressão para descrever a resolução de uma imagem.

Quanto mais elevado é o DPI, melhor é a qualidade da imagem.


Para que a sua imagem esteja adequada ela deve possuir uma definição de pelo menos 300dpi.

 

BITMAP E VETOR

BITMAP

Elas são compostas por pixels, ou seja, pequenos pontos coloridos. 
Cada ponto pode ter uma cor diferente, e dessa forma é possível ter imagens com qualidades fotorrealistas.
Os arquivos bitmaps por serem formados pixel a pixel, se tiverem seu tamanho aumentado 
sofrerão distorções consideráveis, pois cada ponto é transformado em blocos maiores para compor a imagem maior.
Exemplos comuns de imagens do tipo bitmaps são aquelas tiradas com
 máquinas fotográficas digitais e os formatos mais comuns são: jpeg, gif, tiff, bmp, etc.

 

VETOR

Vetoriais são imagens formadas por cálculos matemáticos e instruções de desenho executados pelo computador.
Elas são formadas por elementos básicos como círculos, quadrados, linhas, polígonos, retângulos, textos, etc,
Diferente dos Bitmaps, um vetor podem ser redimensionado sem ocorrer perda de qualidade já que o computador refaz o calculo matemático
para reajustar o vetor.
Os formatos mais comuns são EPS, CDR e Ai.

 

 

CMYK são as cores primárias em inglês Cian (c) “ciano”, Magenta (m) “magenta” e Yelow (y) “amarelo”, sendo que o  Black (k) “preto” representa a cor preta e recebe esta simbologia por ser a cor chave, que em inglês é key. Este sistema de cores é utilizado para todos os tipos de impressão, já que é composto por cores pigmento.
O sistema de cores CMYK é considerado subtrativo, ou seja, é necessário remover cores para chegar ao tom pretendido. Podemos utilizar como parâmetro o preto que é composto pela mistura de todas as cores.

A IMPRESSÃO CMYK

 

O preto é uma cor formada pela mistura de todas as outras cores, e pode ser utilizado em “alguns” impressos com a combinação C 100 M 100 Y 100 K 100. Devido a sua composição dizemos que não é uma cor pura.
Porém, esta prática pode danificar alguns impressos, chegando a rasgar papéis, principalmente os de menor espessura. Outro ponto importante é que trabalhar apenas com o preto composto encarece a produção.
Para evitar transtornos, aconselha-se o desenvolvimento dos arquivos com o preto puro (k 100), principalmente para vetores e textos, pois garante a qualidade final do material mesmo em substratos de menor gramatura. Utilize o preto chapado apenas para fundos e áreas grandes.

O PRETO NO CMYK

AGC GRÁFICA © 2018

Todos os direitos reservados

Siga-nos nas redes sociais:
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle